quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Rolling in the deep


Eu sei o que é ser abandonada. Aprendi isso bem cedo.
Também sei a dor de ser esquecida.
Na escola, na história, no canto da sala.
E nem a pior pessoa do universo merece sentir essa dor.
Do vazio, da solidão, do abandono, da falta de chão, do desprezo, do desamor.
Daí eu travo uma luta solo pra proteger as pessoas especiai pra mim de todo esse azar de sensações péssimas.
Pra no final das contas todo mundo ficar bem.
E as minhas escoriações...
Bem...
Aprendi também que elas não são prioridades.

2 comentários:

  1. ♪ ♫ ♪ O que é que há?
    O que é que tá
    Se passando
    Com essa cabeça? ♪ ♫ ♪

    ResponderExcluir

Deixa sua roupa quarando com a gente!!!