quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

M.A.C Wonder Woman

Depois de um longo e tenebroso inverno, eis que volto a me aventurar no mundo da moda e da beleza em busca de novas possibilidades para o horário extra 9 to 5...
E confesso que tenho comprado, ganhado e descoberto muita coisa bacana. Logo, com vista aos novos projetos que virão em 2012, nada melhor que exercitar a redação publicitária (ainda que nenhum dos próximos posts sejam piblieditoriais - YET) aqui no meu espacinho para que quando as novas portas se abrirem a escrita esteja devidamente afiada afim de agradar potenciais clientes e fornecedores.
Vamos começar com as minhas (boas) impressões sobre um gloss da M.A.C que ganhei de presente da minha tia.
Snob
Quando a gente fala em M.A.C tem-se a sensação de algo já batido, afinal, todo mundo junta uns trocados pra ter um Snob, um Ruby Woo ou um Russian Red na necessária. Me arrisco inclusive a dizer que, assim como o iPhone, virou uma coisa meio pop.
Há algum tempo eu experimentei sem muito sucesso um Snob (do salão) para uma ocasião especial e não fui das mais bem sucedidas. Não sei o que acontece com a minha pele, mas fato é que eu NUNCA consigo encontrar (e tento com MUITO esforço) um tom de batom que fuja ao trivial E fique bom em mim.
Com cor de cabelo é a mesmíssima coisa - tanto que minhas amigas dizem que sou uma metamorfose ambulante, já que fui loira, morena e hoje ostento a duras penas um ruivo em homenagem única e exclusiva a um namorado louco por ginger girls.
Fui madrinha do casamento de uma das minhas melhores amigas há duas semanas e o resultado da tentativa de me entregar a um batom vermelho foi desastroso! Tive que me render ao bom e velho tom de boca.
É muita boca pra muito batom. Não ornou!
Mas, como nem tudo nessa vida está perdido, na segunda-feira, minha tia me deu um gloss da coleção Wonder Woman M.A.C.
Quando olhei a caixinha claro que fiquei mega feliz. Quem não fica feliz de ganhar M.A.C nessa vida?! Mas ao abrir o tubinho e tirar o aplicador me assustei com o TAMANHO da esponjinha. É GIGA! Coisa de super-heroína mesmo! E o conteúdo era muito vermelho. "É para o Natal!" Respirei fundo e guardei o mimo decidida a experimentá-lo antes de julgar.

GIGA aplicador!
Dia seguinte, atrasada pro trabalho - como sempre - e eis que me arrisco a passar o gloss no trânsito, entre um sinal fechado e outro. DESASTRE!
O aplicador, lógico, por ser grande, traz uma enorme quantidade de líquido! Por pouco não fiquei feito uma palhaça. Tentei espalhar o máximo que pude, mas ainda sim ficou carregado, escorrendo e borrado porque é meio denso! CAOS! Mas pelo menos a cor não era tão forte quanto eu achava. 
Cheguei no trabalho e "lapidei" os borrões na boca. Ficou ok.
Tenho que dizer que durou bastante para um gloss e hidratou os lábios também - o que, para alguém que tem os lábios subsaarianos como os meus, é uma vitória! Evita as malditas pelinhas que se soltam depois que o gloss seca/acaba e que a gente fica com ganas de morder e arrancar.
Bem, ao longo do dia fiquei um pouco traumatizada com a experiência "glossorrágica" e não reapliquei depois do almoço.
Mas hoje tive um evento importante de um parceiro de vendas da empresa e resolvi usar o bendito de novo, só que aplicado de uma forma diferente: em vez de passar a esponjinha direto nos lábios, peguei o conteúdo da pontinha aos poucos com um pincel fino de batom e fui desenhando de pouco em pouco como se fosse um lápis. Isso exige sim um teco de habilidade, mas nada que uns dias de treino e doses de delicadeza não resolvam. Depois do desenho feito, caprichei um pouco mais na dose e fui preenchendo até ficar na cor que eu queria.
Ficou lindo! Pena não ter tirado foto para vocês verem. Não ficou translúcido como um gloss e nem seco como um batom matte, por exemplo!
Sensacional! Agora quero todos os glosses coloridos da M.A.C! Alô? Noel? Tem uma loja no Pátio e uma no BH, tá?!
**
Atualizando: fotos de hoje com o mega gloss!

Pouco preenchido

Bem preenchido

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa sua roupa quarando com a gente!!!